25 de fevereiro de 2017

Perdida: Um livro para amar

Foto: Um dia desses

OOOI meus amoress! Faz MUITO tempo que eu tava com vontade de fazer uma resenha sobre esse livro maravilhoso, mas acabei só jogando pra depois, pra depois, e por um tempo eu esqueci (como?!), mas aí, eu tava procurando livros para ler (sou daquelas que não consegue ficar uma semana sem ler um livro, hahah). E eu vou tentar não dar spoiler aqui no post, okay? Se tiver algum eu vou avisar antes.

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...

No começo, vou admitir, não coloquei muita expectativa nesse livro não, tanto que li umas dez páginas e deixei o livro de lado por semanas, até que um dia bateu uma vontadezinha de continuar, e olha, depois que eu comecei (de verdade), eu não consegui mais parar. Li os três livros em uma semana ou duas (acho, lembro mais não).

O que não gostei (mentira, eu gostei, adoro reviravoltas) foi uma reviravolta que teve na metade do livro. Uma hora tava um mar de rosas, e outra hora, tudo desabou. Mas no final voltou a ficar legal, ahahah. Eu super amei o primeiro, mas pra mim o melhor foi Encontrada (livro 2) e o mais legal foi Destinado (nesse, aconteceu TANTA coisa que quase não dava pra acompanhar). Mas eu amo demais esses livros, viraram meus xodós.

Contos de fada podem se tornar realidade, Sofia. Basta que a princesa não lute contra a própria felicidade.

Enfim, no começo, você vai achar bem entediante. Começa com ela trabalhando num escritório, e aí, o computador acaba, e o chefe, irritante como é, mandou ela usar o quê? Sim, isso mesmo, uma máquina de datilografia, ahahah. Ela é super viciada no celular, nas redes sociais, e tudo mais, até que, num bar, ela deixa o celular cair na privada (conheço gente que já fez isso ahahah).

E ela, super desesperada, no outro dia já foi na loja comprar outro. Quando ela chega na loja, se depara com uma vendedora mais velha, que vendeu a ela um celular aparentemente normal, mas logo ao sair da loja, ela tenta ligar o celular, sem sucesso. Até que, um tempo depois, ela tenta de novo e um clarão cegante sai do celular, e ela tropeça em uma pedra. Ela abre os olhos e se depara com uma paisagem rural. Até que um jovem à cavalo se aproxima (IAN ♥) e lhe oferece ajuda.

É até engraçado comparar o vocabulário da Sofia e do Ian no começo, ela fala muitas gírias (que eu mesma quase nunca uso, ahahah), e pior: ela usa nos piores momentos. Ela começa desconfiando da gentileza dele (vivendo no século XXI, com motivo, né).

E aprendi que uma vida simples podia ser a mais complexa de todas, a mais feliz de todas, sobretudo se o amor da sua vida estivesse ao seu lado.

Uma coisa que eu fiquei impressionada foi que a história do primeiro livro inteira aconteceu em apenas 10 dias (acho que foi 10, faz alguns meses que li, e não lembro muito dos detalhes, e se você ler e ter algo diferente do que escrevi aqui, me avisa, porque é sério, minha memória não é boa não ahahahah). Ela vai tentar desesperadamente encontrar outras pessoas que também foram vítimas da vendedora. Ela só pensa em voltar para casa nos primeiros dias, mas depois, ela começa a sentir algo pelo Ian, e começa a se perguntar se o século vinte e um é realmente sua casa.

Gente, agora uma coisa: É IMPOSSÍVEL NÃO SE APAIXONAR PELO IAN. Impossível mesmo. Ele virou o meu crush mais crush dos crushs. Ele é tudo o que qualquer garota sonha: engraçado, muito simpático, lindo, gentil... Gente, é tanto adjetivo que não dá pra falar tudo não. E ainda tem a Elisa, irmã do Ian, que não é muito diferente do irmão. Ela vira praticamente uma irmã da Sofia ao decorrer do livro. E há muitos outros personagens, como a Madalena, que faz a gente querer ler ainda mais. A melhor coisa do livro, com certeza, são os personagens, que são apaixonantes.

E o bom é que dá pra saber um pouco como era a vida no século dezenove, sem tecnologia, sem coisas assim. Eu não curtia muito filmes/livros de época, mas, esse livro conseguiu mudar totalmente minha opinião sobre isso.

Quando não estou com você, meu peito fica vazio, como se meu coração se recusasse a bater até que a encontre novamente.

Sério, esse foi um dos melhores livros que já li na minha vida (junto com a Seleção e Fazendo meu Filme), um dos mais cativantes, mais apaixonantes. E olha, depois de FMF e desse livro, os livros nacionais estão ganhando um espacinho enorme no meu coração.

Você já leu o livro, ou tem vontade de ler? Conta aqui nos comentários. E se quiser, pode dar uma sugestão de livro (de romance, de preferência, hahah), porque tô louca para ler algum livro, só não sei qual.

17 comentários:

  1. Fiquei tão curiosa com livro! Parece excelente! Adorei a resenha!
    Lindo blog, estou seguindo*** espero vc no meu!
    http://omundodajesse.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que booom, e é, viu? Já tô indo correndo conhecerr ♥

      Excluir
  2. Acho que já tinha lido uma resenha desse livro, mas com a sua agora eu fiquei bem curiosa para saber o desenrolar da trama. Isso do celular a levar para o passado me fez lembrar o livro "De volta aos quinze".
    "Meu crush mais crush dos crushs" Ian parece ser mesmo um princeso haha'

    Valeu a recomendação!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que booom! Sério? Eu morrooo de vontade de ler De volta aos Quinze mas acredita que eu não acho em nenhuma livraria?
      Mas ele é mesmo, hahah ♡

      Excluir
  3. Oi Eduarda, obrigada por sua visita ao meu blog, fiquei realmente feliz *-*. Amei a sua resenha, fiquei tão curiosa...Parece muito amorzinho esse livro *o*. És sempre bem vinda lá no meu cantinho, viu?! A propósito, tem post novinho, te aguardo por lá :3 beijocas!

    Sorriso Jovem | SJ Oficial Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bommm! E é mesmo, viu? Já tô indo lá ver, hahah ♡

      Excluir
  4. Duda, nunca li a respeito, mas a resenha me incentivou bastante! Adorei!

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Não conhecia esse livro, mas sua postagem foi bem instigante, já vou por na listinha!
    Sobre sugestões de livros, já leu Obsidiana da saga Lux? Devorei ele em poucos dias e estou começando o segundo!

    Beijos!


    Reino dos Unicórnios ❤ || Faça-nos uma visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que boooom. Li não, já tô indo pesquisar um pouquinho sobre ele, haha.

      Excluir
  6. Olá Duda (quem é essa louca que já chega cheia de intimidade?)!
    Me perdoe caso não goste de apelidos, apenas ignore, ok?
    Eu vi que você começou a seguir meu... aquilo lá não é um blog. Enfim, vi você lá nos seguidores e vim pesquisar para ver se você também tinha um cantinho. E bem, aqui estou!
    Primeiramente, obrigada por me seguir.
    E sobre o livro, minha irmã já o leu, e disse ter sido muito bom.
    Pretendo ler em breve. Ótima resenha!
    Vou estar te seguindo à partir de hoje. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode chamar, migaa! Eu gosto sim, hahah.
      Na hora que eu entrei no teu blog, cara, foi amor a primeira vista, eu não comentei nada, mas já fui logo seguindo. Mesmo não sendo um "blog", como você diz, eu adorei, hahah ♡
      Que bomm que gostou! Beijão ♡

      Excluir
  7. Meu livro predileto! <3 Sofia é um exemplo a ser seguido, né? (Na maioria das vezes pelo menos...) kkkk
    E o Ian? O sonho de qualquer uma! Amo demais!
    Ótima resenha!

    Um beijo.
    www.annecollise.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, hahah.
      Ian é maravilhoso demaissss ♡
      Que bom que gostou ♡

      Excluir
  8. Que livro mais lindo, Eduarda. Já vi algumas resenhas sobre ele e ele é super indicado! Amei. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  9. Socorro, que loucura!!! ADOREI HAHAHAHA Imagino o desespero de, de repente, se ver em outro século! (queria kkk)
    Adorei a resenha, fiquei curiosa para ler esse livro e quem sabe os outros dois... Ian com certeza seria mais um crush da minha vida literária, ó céus hahaha


    Beijos,
    Mayelle ♥ | www.infinitosdetalhes.com.br

    ResponderExcluir
  10. OOOOI EDUARDA

    eu morro de vontade de ter a experiência de leitura de QUALQUER obra da Carina! Eu acho todas as sinopses muito amorzinho e creio que toda a fama faça jus a qualidade!
    Esse livro me chama particular atenção. Adoro essas coisas de viagem no tempo, vai e volta, outras eras. Deve ser SUPER divertido *-*

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir

— flores no luar —

base by Butlariz and edited by Mari Oliveira